Se você não conseguir visualizar esta mensagem, acesse este link.

A Abilux acaba de lançar cartilha com orientações gerais sobre o uso de luminárias LED na Iluminação Pública com foco em ruas, avenidas, travessas, logradouros, parques e áreas públicas em geral. A publicação tem como objetivo esclarecer alguns pontos determinantes que definem a escolha de um bom produto que garanta aos consumidores, sejam eles compradores do setor público ou particular, que as luminárias LED que estão adquirindo são de qualidade. A cartilha, na versão on-line, está disponível no site da Abilux (www.abilux.com.br). As impressas serão encaminhadas às prefeituras municipais, tribunais de conta e órgãos de interesse.

Clique aqui e acesse a cartilha.

Desde outubro de 2016 as lâmpadas LED fabricadas no Brasil e também as importadas passaram a receber a certificação obrigatória do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Mas, o fim da comercialização das lâmpadas não certificadas só se encerrarão no dia 17 de julho de 2017, data limite para que atacadistas e varejistas vendam seus estoques antigos. Os estabelecimentos cadastrados como micro e pequenas empresas (MPE) terão prazo estendido até 17 de janeiro de 2018 para a adequação.

As datas foram estabelecidas através da portaria INMETRO nº 221, de 16 de maio de 2016 e colocam um fim à comercialização das lâmpadas que não estejam devidamente registradas e ostentando em suas embalagens o selo do Inmetro.

Portarias publicadas pelo INMETRO e MDIC referentes às lâmpadas Led com dispositivo incorporado à base:

  • Portaria nº 389, de 25 de agosto de 2014, que aprova o Regulamento Técnico da Qualidade para Lâmpadas LED com Dispositivo Integrado à Base.
  • Portaria nº 143 de 13 de março de 2015, que complementa o Regulamento Técnico da Qualidade para Lâmpadas LED com Dispositivo Integrado à Base.
  • Portaria nº 144, de 13 de março de 2015, que aprova o Regulamento Requisitos de Avaliação da Conformidade para Lâmpadas LED com Dispositivo Integrado à Base.
  • Portaria n° 221, de 16 de maio de 2016, que trata do adiamento das datas de entrada em vigor do uso obrigatório do selo e registro das lâmpadas.

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), realizou no dia 11 de maio, operação especial em lâmpadas LED, na Santa Ifigênia, em São Paulo (SP). As equipes de fiscalização verificaram 5.206 produtos, sendo que 3.572 (69%) estavam irregulares e foram apreendidos. No total, as equipes fiscalizaram seis lojas e todas foram autuadas por irregularidades nas lâmpadas LED. Os problemas encontrados foram o uso indevido da marca do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) nos produtos e ausência das informações obrigatórias na embalagem e no produto.

O objetivo da operação especial, realizada em parceria com o Procon e apoio da Polícia Militar, foi retirar do mercado lâmpadas LED sem registro do Inmetro que estão descumprindo os prazos de importação, distribuição e comercialização por parte de importadores e fabricantes, ou seja, produtos que estão desrespeitando as portarias e regulamentos no que diz respeito às questões técnicas. Em 2017 já foram apreendidas/interditadas 2181 unidades e ainda em operação conjunta com a Receita Federal foram proibidas de entrar no país 200 mil unidades. Em 2016 foram apreendidas/interditadas: 3610 unidades.

Fonte: Ipem-SP

TECNOLOGIARJ terá o primeiro laboratório brasileiro de smart cities

O Rio de Janeiro (RJ) será a primeira cidade brasileira a ter um laboratório focado no estudo de cidades inteligentes. A iniciativa é resultado de um acordo de cooperação técnica entre a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), no valor de R$ 2,5 milhões. O espaço servirá para a realização de pesquisas, certificações e testes de tecnologias criados para as smart cities.

Dentro do laboratório será construída uma minicidade para simulações em ambiente controlado para a observação e elaboração de critérios técnicos, padrões e procedimentos de conformidade que possam facilitar a aplicabilidade destas inovações nas cidades. Identificar soluções para demandas como a integração da iluminação pública com mobilidade urbana e a prevenção de desastres estão entre os objetivos do projeto.

  • O diretor técnico da Abilux, Isac Roizenblatt, foi um dos palestrantes do Congresso Internacional de Energias Renováveis e Sustentabilidade (CIERS) que foi realizado entre os dias 16 e 18 de maio, em Brasília (DF). “Como a nova tecnologia de iluminação influencia os negócios, o consumo de energia e a qualidade de vida” foi o tema abordado por Roizenblatt. O evento é uma realização da Câmara de Comércio Brasil-Portugal Centro Oeste.
  • Marcaram presença na Lightfair (Philadelphia – EUA) o diretor técnico da Abilux, Isac Roizenblatt, e indústrias brasileiras de iluminação que apresentaram seus produtos no estande do Lux Brasil, programa de promoção de exportações que é uma parceria entre a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e a Abilux.
EVENTOSComo reduzir o custo de imposto sobre a folha de salários
 

O Sindicato das Indústrias de Lâmpadas e Aparelhos Elétricos de Iluminação no Estado de São Paulo – Sindilux e a Associação Brasileira das Indústrias de Iluminação – Abilux, em conjunto com sindicatos e, em parceria com a Fiesp e o Depar, promoverão no dia 12 de junho, evento que oferecerá aos participantes conhecimento e ferramentas adequados para a redução de impostos sobre a folha de salários.

Data: 12 de junho de 2017
Horário: 9h30 às 12h00
Local: FIESP (auditório do 4º andar)
Informações: centraldeservicos@fiesp.com.br

8ª Greenbuilding Brasil
 

O mercado de construções verdes no Brasil tem se consolidado nos últimos 10 anos com o engajamento de toda a cadeia produtiva da construção entre outros players desse mercado. Em um ranking de 165 países onde a certificação para construções verdes LEED (Leadership in Energy and Environmental Design ou Liderança em Energia e Projeto Ambiental) se faz presente, o Brasil ocupa a 4ª posição com 1.230 projetos registrados. E é com este cenário, que São Paulo será sede, entre os dias 8 e 10 de agosto, da 8ª Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2017.

Um dos temas da edição do evento é a questão da energia. Durante o evento, o GBC Brasil promoverá o conceito de Net Zero Energy Building (autossuficiência em energia) nas edificações novas até 2030 e em todas as edificações até 2050, em consonância com os compromissos firmados entre o GBC e membros no COP Paris. Durante o evento, um lounge de Net Zero Energy será abastecido por uma árvore fotovoltaica, ilustrando o conceito.

O Projeto 3E, que tem como objetivo influenciar e desenvolver o mercado de eficiência energética em edificações comerciais e públicas, visando contribuir com a economia de até 106,7TWh de eletricidade nos próximos 20 anos e com a redução de emissões de gases de efeito estufa em até três milhões de toneladas de dióxido de carbono (tCO2) será tratado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Serviço: Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2017
Data: 8 a 10 de agosto de 2017
Local: São Paulo Expo
Informações e credenciamento pelo site: http://expogbcbrasil.org.br/

Fonte: Jornal da Instalação

8ª Greenbuilding Brasil

Estão abertas as inscrições para o 8º LEDforum, que acontecerá nos dias 17 e 18 de agosto de 2017, Tivoli Mofarrej Conference Hotel, em São Paulo (SP). Grandes nomes do lighting design mundial farão parte do programa, trazendo ao público presente um olhar panorâmico e atual do que está acontecendo no Brasil e no mundo, com a prática profissional no desenho da luz artificial em projetos de iluminação. Inscrições podem ser feitas pelo site: www.ledforum.com.br.

Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o e-mail abilux@envio.abilux.com.br ao seu catálogo de endereços.

A ABILUX respeita a sua privacidade e é contra o spam na rede.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição aqui.